Como você tem cuidado da saúde do seu fígado?

May 14, 2019

 

Se você tiver 3 destes 5 fatores alterados, é possível que você tenha gordura no fígado:

- Grande quantidade de gordura abdominal (Homens: cintura com mais de 94 cm. Mulheres: cintura maior que 80cm).

- Colesterol HDL Baixo (Homens: abaixo de 40mg/d1. Mulheres: abaixo de 50mg/dl).

- Triglicérides Elevado - 150mg/d1 ou acima.

- Pressão Sanguínea Alta - 135/85 mmHg ou superior ou se está utilizando algum medicamento para reduzir a pressão.

- Glicose elevada - 110mg/d1 ou superior.

 

       Estes fatores aumentam o risco de Doenças Cardíacas, Derrames Cerebrais e Diabetes e são critérios da OMS (Organização Mundial da Saúde) para definir se uma pessoa está com a Síndrome Metabólica que ocorre devido à resistência à insulina.

Além da gordura no fígado, ao longo do tempo, nossos intestinos vão acumulando resíduos resultantes da má alimentação. Existem proteínas que são muito difíceis de digerir, como a caseína (presente em todos os tipos de leite e queijos) e as proteínas do glúten (presentes em todos os tipos de pão e produtos fabricados com farinha de trigo). Estas proteínas não digeridas tornam-se antígenos para o nosso corpo, atraindo as células de defesa e isso provoca uma inflamação crônica em nossos intestinos.

          O acúmulo de Gordura no Fígado provoca a diminuição do nosso metabolismo, o que gera o  ganho de peso progressivo. Mesmo quando aumentamos a atividade física e diminuímos a quantidade de alimentos que comemos, não conseguimos chegar ao peso desejado. A presença de, excesso de Gordura no Fígado dificulta o emagrecimento, pode causar formação excessiva de gases intestinais, cólicas, mal-estar abdominal arrotos, azia, queimação, refluxo, mau hálito, dores abdominais são causadas pela presença constante destes resíduos. Assim como o aumento da inflamação no corpo, aumento do risco de infarto, derrame e diabetes.

Podemos comparar nossos intestinos com a caixa de gordura de nossa residência . Muitas pessoas comentam “meu intestino é um relogio, funciona todo dia’’, mas existe uma diferença muito grande entre “esvaziar o intestino ’’ e “limpar o intestino. É como a caixa de gordura, passa água e sujeira todo dia, mas vai acumulando uma “crosta” de residuos que periodicamente precisamos limpar com soda cáustica ou outros produtos. .
            É extremamente importante e necessária  uma limpeza periódica e profunda em nossos intestinos, fígado e visícula  biliar . É como limpar os  filtros  de um carro , que precisam  ser limpos periodicamente. Com esta limpeza ajudamos o nosso organismo a cumprir com suas atividades orgânicas  diminuindo as possibilidades  de  problemas de saúde no futuro, especialmente doenças crônicas e degenerativas como Diabetes, Artrite, Artrose, Osteoporose, Fibromialgia, Perda  de  Memória, Alzheimer, Demência, Infarto, etc. Fazer uma “limpeza” orgânica ajuda o organismo a eliminar os residuos e toxinas que são acumulados ao longo do tempo.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Blog

Featured Posts

Como está a saúde integral do seu fígado?

October 25, 2017

1/1
Please reload

Archive
Please reload

Follow Me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Rua Fernando Machado, nº 151 E

Sala  403 | Centro - Chapecó - SC Cep.: 89802-112

Tel: (49) 3329.3672

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 por equipe de Alcir Marques